Quer estar por dentro sempre do que há de melhor na engenharia civil? Então insira seu e-mail ao lado para receber todas as atualizações do Blog e não perder nenhuma novidade.

TORNE-SE UM PROFISSIONAL DE DESTAQUE NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Como escrever um bom e-mail para uma entrevista de emprego 

Exemplo de imagem
Já te perguntaram alguma vez se para fazer engenharia civil precisa gostar muito de matemática? 

Para mim, sim, já perguntaram até cansar. 

E já te falaram que engenheiro civil não gosta de ler, afinal, leitura é bom lá para o pessoal de humanas? 

Se não gosta de ler... não escreve bem também

Normal... todo engenheiro tem dificuldade de escrever né!? 

Esqueceu que somos bons no cálculo? Já na redação não...essa aí é só pra passar no vestibular. 

Tudo isso é brincadeira, só pra você entender que nas frases feitas do dia a dia, vão colocando rótulos no comportamento e nas habilidades dos profissionais. 

Mas engenheiro precisa escrever bem sim. 

Aliás, no meu modo de ver, a habilidade de escrever bem coloca qualquer pessoa, de qualquer profissão, em uma posição de extrema vantagem no mercado. 

E este artigo aqui eu estou escrevendo para te mostar com fatos esse meu raciocínio. 

Escreveu bem...cruzou a linha de chegada com graaaande vantagem.

A situação: 

Sou docente na Universidade X, no curso de engenharia civil e, junto com outros colegas de departamento, estou selecionando alguns alunos para participar em projetos de pesquisa no próximo ano. 

O pedido era que o aluno interessado em participar enviasse um e-mail ao professor explicando o tema que gostaria de pesquisar, ou seja, apresentando a sua ideia a partir de um problema ou situação da engenharia que ele tenha percebido como oportunidade de estudo. 

Selecionei 5 destes e-mails para que você raciocine comigo sobre qual ou quais candidatos eu escolheria. 

Candidato 1: 

"Bom dia professora 

A respeito do projeto de pesquisa na área de gerenciamento, tenho interesse.
 
Escolher o tema para mim é difícil, mas pensei em algo que tenha alguma ligação com o comportamento do trabalhador de obra com relação a cumprir as normas técnicas, selecionando apenas algumas para fazer o estudo. 

Não sei qual norma seria mais adequada ainda, mas você pode sugerir também. 

Ainda não tenho estágio, mas pretendo conseguir em 2018. Por isso não tenho situações reais de obra que me dessem uma ideia de pesquisa."

Candidato 2 

"Olá professora. 

Como solicitado, demonstro por meio desse e-mail o interesse de participar do projeto de pesquisa na área de gerenciamento. 

A minha primeira ideia seria analisar como os projetos de obras residenciais podem avançar nos requisitos de sustentabilidade a partir do gerenciamento dos recursos com menor geração de resíduos no canteiro. 

Outra opção seria fazer entrevistas com construtores de pequeno porte a respeito dos métodos utilizados para calcular os custos das obras, com o objetivo de verificar quais as principais dificuldades que eles encontram no processo de orçamento. 

Essa ideia surgiu porque eu observo todos os meses várias situações de sobre custo no canteiro, quando o engenheiro faz a apuração dos gastos mensais e compara com o que estava previsto gastar segundo orçamento inicial.
Tenho ainda mais uma sugestão. 

Aplicação de placas pré-moldadas de fachada de edifícios e suas implicações no gerenciamento de prazo da obra."

Candidato 3 

"Olá professora.

Ainda não tenho uma ideia muito formada sobre um tema de pesquisa, mas pensei talvez na possibilidade de continuar algum dos trabalhos desenvolvidos por vocês este ano ou fazer algo relacionado com Steel Frame.
 
Estou fazendo estagio na 123 Engenharia e estamos com um projeto com este sistema construtivo e, por isso, pensei nessa ideia. 

Mas, na verdade, não sei ainda o que poderia estudar dentro desse sistema. 

Mas de qualquer forma, concordo com outros temas que os professores puderem oferecer. 

Gostaria muito de fazer pesquisa na área de planejamento de obras, pois é a parte da engenharia que eu mais tive contato até hoje no estágio e das aulas que mais gostei." 

Candidato 4 

"ALUNA: XXX
TURMA: XXX
ESTÁGIO: OBRA XXXX, da construtora YYY
(Iniciei estágio em 11/2016 no Departamento de Compras e desde 01/2017 estou na obra) 

Tenho duas propostas de pesquisa. 

OPÇÃO 1: Projeto flexível e personalizado 

Várias construtoras e incorporadores oferecem opções de plantas para clientes, mas algumas vão além e oferecem também a possibilidade de alteração do apartamento quase inteiro (diversos tipos de acabamentos, disposição dos ambientes, etc). Mas, até que ponto oferecer projetos personalizados nas vendas em plantas de apartamentos vale a pena para a empresa? 

Na teoria, é estipulado um prazo para que os clientes apresentem as modificações sem que elas interfiram no andamento da obra. Porém, isso nem sempre é o que ocorre. 

Tenho a intenção de estudar quanto o planejamento e andamento da linha de produção de uma obra é afetada com as personalizações e se alguma ação de marketing poderia adiantar essas vendas e fazer com que os projetos diferenciados não interfiram de maneira negativa e não gerem retrabalho que comprometam a data de entrega do empreendimento. 

OPÇÃO 2: Apropriação de mão de obra 

Fazer uma análise de como a mão de obra é apropriada no final de cada mês, quais são os critérios adotados e qual é o cargo responsável para fazer a apropriação. Levantar a quantidade de apropriação feita equivocadamente por falta de conhecimento de como o orçamento foi realizado. 

Com esses dados, levantar quais as funções em que esse desvio mais ocorre (provavelmente pedreiros e serventes, que possuem atividades em mais variados centros de custo).
 
Sugerir algum tipo de ferramenta que auxilie como cada atividade deva ser apropriada para que ao final de uma obra a apropriação tenha sido feita o mais próximo da realidade ocorrida." 

Candidato 5
 
"Boa tarde professora,

Meu nome é X, sou aluna do 4ºano de engenharia civil e escrevo para manifestar meu interesse em ser uma das participantes do projeto de pesquisa. 

Nos últimos meses, busquei observar as deficiências da engenharia no meu dia-a-dia afim de propor uma pesquisa útil. 

Resumi os 4 pontos que mais me incomodaram: 

- Falta de uma reflexão prévia na elaboração dos projetos analisando as interferências entre projetos complementares, seu custo final e o processo construtivo; 

- A incoerência entre o projeto e o que está executado na obra; 

- Tempo investido em atividades operacionais com pouco valor agregado no resultado final do projeto. Como por exemplo, transformar a arquitetura (geralmente em Revit) para iniciar os trabalhos em AutoCAD e contagem peça a peça para elaborar a lista de materiais consumidos no projeto; 

- Retrabalho e tempo gasto na compatibilização de projetos, muitas vezes realizado com a obra em andamento. 

Em várias conversas triviais com profissionais da área, me ocorreu de propor o tema na área de gestão e tecnologia de projetos. 

Gostaria de pesquisar sobre BIM com o foco na macro área da qual tenho afinidade que é projetos de instalações. 

Num brainstorm inicial eu acredito que eu poderia realizar uma pesquisa qualitativa nos escritórios de projetos hidrossanitários da cidade sobre como a metodologia BIM está sendo tratada dentro dos escritórios e modelaria um estudo de caso no software revit hidráulica e no Auto CAD para comparar as limitações e vantagens de cada metodologia. 

Assim poderia abordar os aspectos que me incomodam como mencionei no início. 

Pesquisei bibliografias que pudessem ir de encontro com o estudo do tema afim de garantir a existência material de pesquisa, dentre elas ressalto dois TCCs de alunos e um guia sobre o assunto: 

- PRINCÍPIOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DA PLATAFORMA BIM: PROPOSTA DE ROTEIRO DE MODELAGEM PARA PROJETOS DE INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS
Autor: fulano e Orientador: Fulano 

- O USO DA METODOLOGIA BIM (BUILDING INFORMATION MODELING) PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS: GERENTE BIM
Autor: fulano e Orientador: Fulano 

- BIM HANDBOOK – A GUIDE TO BUILDING INFORMATION MODELING
AUTORES: CHUCK EASTMAN – PAUL TEICHOLZ – RAFAEL SACKS – KATHLEEN LISTON 

Também entrei em contato com possíveis mentores que tenham contato prático com o tema e que pudessem me ajudar ao longo da pesquisa e se colocaram à disposição para me fornecer dados. 

- Eng. BBBB – Diretor de instalações da 123 Engenharia Integrada.
- Eng. DDDD – Diretor de projetos na 123 projetos (Empresa na qual faço estágio).
- Eng. FFFF – Coordenador de execução de projetos na 123 engenharia. 

Atualmente meu conhecimento sobre BIM é superficial, mas pelas pesquisas iniciais acredito que é uma revolução dentro da engenharia, não só com a proposta de softwares mais automatizados e com mais funções, mas também uma revolução nas pessoas, no modo de conceber uma edificação e inter-relacionar as áreas envolvidas. 

Não tenho uma visão muito clara dos resultados finais esperados, mas acredito que este levantamento pode ser útil de alguma forma em gerar feedbacks para o aprimoramento dos software, levantar as competências a serem desenvolvidas nos gestores e até verificar a demanda técnica exigidas dos profissionais afim de sugerir temáticas de treinamentos a serem incorporadas na grade curricular do engenheiro civil. 

Assim, registro mais uma vez meu interesse no projeto e fico no aguardo de como devo proceder para integrar o processo seletivo do departamento de vocês."

Análise dos candidatos: 

Se eu tivesse somente uma vaga, quem eu escolheria? 

Candidato 5, sem pensar duas vezes. 

Pelas seguintes razões... 

1. Começou o e-mail de maneira muito educada e se apresentando corretamente. 

2. Apresentou sua opinião sobre coisas que vivencia e critica, demonstrando raciocínio questionador, que é essencial em um profissional de engenharia. 

3. Deixa claro que já conversou com outros profissionais sobre a ideia e tem um esboço de como poderia fazer a pesquisa. 

4. Deixa claro que já pesquisou sobre o assunto apresentando os textos que buscou. Isso reforça o interesse e demonstra ter iniciativa. 

5. Aponta quem poderia ajudá-la, tendo feito um contato inicial para conseguir apoio. Mais iniciativa comprovada 

6. Se posiciona com sinceridade sobre seu nível se conhecimento ainda superficial....mas não resta dúvida que vai aprender rápido. 

7. Não tem tanta clareza sobre os resultados esperados, mas consegue enxergar os benefícios da pesquisa. E o que mais me impressiona... percebeu que existe uma demanda técnica exigida dos profissionais de engenharia sobre BIM. É mais do que aprender software. 

8. Termina educadamente e perguntando como deve proceder para participar do processo seletivo. Para mim, esta é a frase que demonstra duas coisas essenciais:
- Eu vou participar...só me diga como! Confiança.
- Me dê as diretrizes e o resto deixa comigo que eu vou atrás. Se melhorar, estraga.

Se eu tivesse duas vagas, candidato 4 seria o próximo da lista, por conseguir apresentar também dois temas importantes, com clareza de ideia e também demonstrando raciocínio crítico sobre o que vivencia no estágio. 

Os demais candidatos: 

- São superficiais no assunto; 

- Tem ideias que não combinam entre si; 

- Quando dizem que os professores podem sugerir temas, isso parece bom por demonstrar disponibilidade de se adequar. Porém, a tarefa pedida foi que o aluno enviasse o e-mail explicando sua ideia e não devolvendo a bola ao professor, esperando uma sugestão. É sutil, mas no fundo, não cumpriu a tarefa solicitada. 

Captou agora o que eu quero dizer com escrever bem te coloca vantagem?

Claro que esses comentários demonstram a minha opinião pessoal. 

Você pode pensar diferente. 

Mas o fato é que o jeito com que você se apresenta e todo o "sentimento" que consegue passar com a sua redação, faz toda a diferença desse mundo. 

A redação aqui, em um simples e-mail, faz o recrutador ter a certeza de quem ele chama para uma conversa pessoalmente.

Só depois disso é que ele vai abrir o currículo para olhar, se este fosse o caso. 

A redação demonstra todo o potencial da pessoa. 

Demonstra interesse, grau de conhecimento, cordialidade, pensamento crítico. 

ESCREVER BEM, TE FAZ MUITO BEM!! 

Em maiúsculo, pra gritar...assim você acredita?? 

Se quiser aumentar sua habilidade de escrita, dá uma olhada nesses links.


Inscreva-se aqui e não perca nenhuma novidade!
Insira seu e-mail abaixo para receber todas as atualizações do Blog